[VÔLEI] Campeões Ricardo e Emanuel anunciam o fim da dupla

Ir em baixo

[VÔLEI] Campeões Ricardo e Emanuel anunciam o fim da dupla

Mensagem por Gabriel em 10.10.09 12:33

Campeões olímpicos Ricardo e Emanuel anunciam o fim da dupla após sete anos
Juntos desde 2002, atletas do vôlei de praia conquistaram ouro em Atenas-2004 e bronze em Pequim-2008, além de títulos individuais e em equipe



Enquanto Emanuel mostra desenvoltura com as palavras, Ricardo tem um estilo mais tímido, reservado. Dentro de quadra os papéis se invertem: Ricardo é força, explosão, e Emanuel é o cérebro, concentração. Depois de sete anos de união e muitos títulos individuais e em equipe, chegou a hora de os campeões olímpicos de vôlei de praia anunciarem a separação. Na bagagem, duas medalhas olímpicas (ouro em Atenas-2004 e bronze em Pequim-2008), cinco títulos do Circuito Mundial, um do Campeonato Mundial, três do Circuito Brasileiro e o Pan-Americano do Rio 2007.

Nesta sexta-feira chuvosa no Rio de Janeiro, as características e emoções de Emanuel e Ricardo se igualaram e, com os olhos marejados, os dois confirmaram que não dividirão o mesmo lado da quadra no próximo ano, em entrevista ao "Jornal Nacional" e ao GLOBOESPORTE.COM. A dupla continua junta até o fim desta temporada. Ainda faltam quatro etapas do Circuito Brasileiro: João Pessoa (PB), Recife (PE), Maceió (AL) e a despedida, Salvador (BA).

- Tudo o que desejei no vôlei de praia eu consegui ao lado do Ricardo - disse Emanuel.

Mas quem acha que separação é sempre acompanhada de uma briga se engana. Emanuel justifica a decisão.

- É o momento de dizer que não vamos jogar juntos em 2010. Eu vim morar no Rio de Janeiro depois que casei com a Leila (ex-jogadora de vôlei) e as coisas ficaram mais difíceis, porque treinamos em João Pessoa (PB). Mas foi uma separação gostosa, uma decisão da dupla. O vôlei de praia precisa da nossa experiência para ser passada para as outras gerações - disse.

Quando o assunto levanta a questão dos novos companheiros para 2010, Ricardo desconversa e prefere manter o foco nas últimas competições que a dupla disputará em 2009.

- Ainda não temos os nomes dos novos parceiros, mas agora estamos concentrados no Circuito Brasileiro até o fim da temporada e, com certeza, vamos querer vencer.

Legado para as futuras gerações

A ideia de Ricardo e Emanuel é trabalhar com outros jogadores e tentar passar tudo o que eles aprenderam e acumularam de experiência até então. A missão: garimpar atletas para as Olimpíadas de Londres (2012) e do Brasil (2016).

- Juntos temos muita sabedoria e qualidade. Em 2010 vamos procurar novos talentos no vôlei de praia. Será um processo de longo prazo visando a 2012 e 2016. Queremos levar experiência para os outros jogadores e mostrar que é possível formar uma dupla campeã como a nossa - ressaltou Emanuel, que foi eleito duas vezes o "Rei dos Reis" e três o "Rei da Praia".

Detentor de dois títulos de Melhor Jogador do Mundo pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB) e um prêmio de “Herói Olímpico” concedido pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), Ricardo já vê seu filho, Pedro Rezende Santos, dar os primeiros passos no vôlei de quadra, nas Olimpíadas Escolares-2009.

Parceiro contra parceiro?

Mais cedo ou mais tarde, Ricardo e Emanuel se enfrentarão nas areias. Questionados sobre o duelo, eles mostraram entrosamento na hora da resposta e disseram que ainda não pensaram no assunto. A única certeza é que o encontro seria um pouco estranho para os dois, apesar de não ser a primeira vez.

- Jogar um contra o outro? Isso ainda não passa pela minha cabeça. Joguei contra ele no "Rei da Praia" e me senti muito constrangido. Seria como jogar contra alguém da minha família - constatou Emanuel.

A parceria, que começou em agosto de 2002, será encerrada no fim de novembro de 2009, na etapa de Salvador do Circuito Brasileiro (25 a 29/11). No anúncio da despedida, Ricardo vestiu a camisa com o nome de Emanuel, e o parceiro fez o mesmo em uma homenagem mútua. Um abraço fraterno selou o fim do encontro, que eles preferem chamar de "evolução". Quem sabe eles não se esbarram no futuro, nos bastidores do vôlei de praia?

- Será muito difícil ter outra dupla campeã como essa no Brasil. A gente sempre imagina que não vai ter fim nunca. Na verdade, não existe um fim, existe uma evolução - finalizou Emanuel.

Globo Esporte

Gabriel
Moderador
Moderador

0 / 1000 / 100

Mensagens : 406
Reais : 1612
Data de inscrição : 04/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum