[PALMEIRAS] Mancha já havia ameaçado dirigente

Ir em baixo

[PALMEIRAS] Mancha já havia ameaçado dirigente

Mensagem por Lucas100% Tricolor do Mor em 03.12.09 12:56

Gilberto Cipullo, vice-presidente, foi intimado pela facção em banheiro no duelo contra o Grêmio

A briga entre Vagner Love e integrantes da Mancha Alviverde foi apenas o desfecho de algo que já era previsto pela cúpula alviverde. As ameaças e promessas de agressões já começaram em Porto Alegre, durante o jogo contra o Grêmio.

No dia 18 de outubro, um membro da organizada ameaçou o vice-presidente do Verdão, Gilberto Cipullo, no banheiro do Estádio Olímpico. Não houve agressão, mas naquele momento a diretoria foi avisada de que haveria perseguição ao elenco do Palmeiras.

Love depois quase trocou socos com um manchista no Aeroporto Salgado Filho e foi ameaçado.

Antes disso, na partida contra o Sport, no dia 11, jogadores tiveram os carros chutados por integrantes da Mancha na saída do Palestra.

– Isso já vinha se desenhando. A gente via coisas no ar – admitiu um diretor do alto comando alviverde.

A diretoria faz mea-culpa e reconhece que já deveria ter reforçado a segurança dos jogadores, algo que já foi feito depois da confusão.

Na última terça à noite, Luiz Gonzaga Belluzzo ligou para o promotor Paulo Castilho. O clube quer medidas drásticas, como a extinção de maior torcida organizada.

– Ele me ligou e pediu para agirmos com rigor – disse Castilho.

O desembargador Sérgio Ribas, do Tribunal de Justiça de São Paulo, recebeu um pedido de criação da Vara Antiviolência no Futebol. O Ministério Público e a FPF, com apoio do Ministro do Esporte, Orlando Silva, querem juízes exclusivos e com poderes ampliados, capazes de decretar imediatamente prisões preventivas. A proposta será avaliada por um colegiado especial de magistrados do TJ/SP. A iniciativa complementa o projeto de lei no Senado que tipifica crimes praticados por integrantes das torcidas organizadas.

Castilho reclama da demora de aprovação da lei, desde o meio do ano no Senado. Com ela, os agressores de Love poderiam ser banidos dos estádios e a Mancha correria o risco efetivo de ser extinta mais uma vez.

Belluzzo se defende ao ser questionado sobre sua presença em festa da escola de samba Mancha Verde, quando gritou “vamos matar os bâmbis” para a torcida presente.

– A escola de samba está rompida com a torcida, não tem nada a ver com eles. Eu fui à festa da escola de samba – afirmou o presidente.

- Não tenho relação com a Mancha. Não fui à torcida. Estive na escola de samba. Nunca demos ingressos ou nada a eles. A gente tratava eles como qualquer torcida, com uma relação de diálogo. Mas daqui para frente até isso acabou. Se vão extingui-la ou não, é com a Justiça. O que houve não dá para tolerar - completou.

A diretoria foi informada pela polícia de que há relação também entre as pedradas ao ônibus do time, sábado, na Castello Branco, com torcedores palmeirenses. Em um primeiro momento, o clube negou a versão.

– É quase certeza que são os mesmos vândalos. As câmeras da estrada pegaram boas imagens. A polícia está atrás – contou um diretor.

Lance

Lucas100% Tricolor do Mor
Membro
Membro

0 / 1000 / 100

Mensagens : 118
Reais : 677
Data de inscrição : 02/12/2009
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [PALMEIRAS] Mancha já havia ameaçado dirigente

Mensagem por Foda.SCI em 05.12.09 15:50

Eu achava também que os dirigentes já haviam sido ameaçados, não sei, acho que por causa de alguns fatos aí que ocorreram.

Foda.SCI
Gerente
Gerente

0 / 1000 / 100

Mensagens : 642
Reais : 2712
Data de inscrição : 13/08/2009
Idade : 23
Localização : Palotina - PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum